Pular para o conteúdo principal

Você está servid@?



Você está servid@?

Clarice Bragança Gyrão Barcelos[1]

Preparamos uma refeição, primeiro escolhendo o cardápio, depois selecionando, adquirindo e organizando os ingredientes...

Em seguida, mão na massa! Pra comida ficar gostosa, todo cuidado é pouco!

São fundamentais: conhecimentos de culinária, a partilha de opiniões com pessoas de maior experiência, pesquisas em livros, cuidados com o manuseio dos ingredientes, paciência para dar o ponto, criatividade, disposição, foco, muita atenção, tempero do amor...

Comida pronta, cuidados especiais para a apresentação...

Chega, então, o momento mais importante... saborear o alimento! Saboreamos juntos.

E a missão ainda não acabou! Falta saber se todos ficaram satisfeitos. Alimentação saudável, vida com qualidade.

Assim também é a educação: definição de princípios, seleção de conteúdos, planejamento, organização dos materiais, investimento, efetivação, partilha, amor, encantamento, objetivos alcançados, que certamente ultrapassam o imediatismo.

Ambos os movimentos precisam de investimentos, recursos humanos e financeiros, autoridades conscientes de suas atribuições, articulações, condições, políticas públicas...

Assim, professores/educadores alimentam de saber nossas crianças e buscam o pão de cada dia fazendo o melhor que podem, nas condições disponíveis, enquanto não têm condições melhores para fazerem melhor ainda. (Lembrando Cortella)

Por isso, desejamos que haja força para exercer a função e, em paralelo, participar da luta pela valorização justa e necessária do magistério, pois a educação é a possibilidade para uma sociedade que está cheia de fome de comida e de saber!

“A gente não quer só comida, a gente quer comida, diversão, educação e arte...”

Assim como o momento da alimentação é sagrado, é sagrado o ato de educar!

Felicidades aos guerreiros professores/educadores!!!

[1]Colaboradora: Clarice Bragança Gyrão Barcelos
Professora e Pedagoga da Secretaria Municipal de Educação de Vitória/ES.



DESEJA PUBLICAR SEUS ARTIGOS?
Seja um colaborador ou uma colaboradora do Blog Cantinhos de Estudo!
Veja o Regulamento para Colaboradores e publique o seu texto.

Entre em contato pelo e-mail

Comentários

Postagens mais visitadas

DETALHANDO A SEQUÊNCIA DIDÁTICA

Este artigo faz parte das reflexões sobre a concepção de Projeto de Estudos, Sequência Didática e Atividades que constam nos artigos que publicamos anteriormentenesse blog.

- Projeto de Estudos: Implicações no Processo de Constituição da ConsciênciaCrítica;
- A Sequência Didática como parte do Projeto de Estudos
- Atividades Significativas: Possibilidades de Experiências Concretas e Reais.

 Sugerimos a leitura dos referidos artigos antes de refletir sobre as questões que apresentamos a seguir.

SITUAÇÃO DE ENSINO APRENDIZAGEM
Ana Maria Louzada
Para que possamos compreender o que significa Situação de Ensino Aprendizagem (SEA), necessário se faz retomarmos e destacarmos o conceito de projeto de estudos, atividade e sequência didática.

Nesse sentido, o projeto de estudos seria a organização macro de uma temática de estudos num processo de interlocução com/entre diferentes áreas do saber. Com base nos objetivos e metas de um projeto de estudos destacam-se as atividades a serem implementadas e que…

A SEQUÊNCIA DIDÁTICA COMO PARTE DO PROJETO DE ESTUDOS

Este artigo é uma continuidade das questões apresentadas em "Projeto de Estudos: Implicações no processo de constituição da consciência crítica".

Refletindo sobre Sequência Didática
Ana Maria Louzada
Na tentativa de demarcar uma nova proposta de organização do trabalho pedagógico, bem como de romper com as proposições ora intituladas de projetos de trabalho e/ou pedagogia de projetos, alguns teóricos vêm indicando a sequência didática, como forma de organização do trabalho a ser realizado no lócus da escola. Nesse sentido concebem o projeto e a sequência didática como propostas diferentes.

Observamos também, proposições de organização do trabalho pedagógico por meio de projetos como sinônimo de sequência didática. Assim, temos nos deparado com propostas ora intituladas de sequência didática, ora de projeto didático, e, ainda em determinadas situações de atividades.

Percebemos ainda, que dependendo das questões abordadas, o foco está na técnica realizada, no passo a passo da sequê…

A IMPORTÂNCIA DA EDUCADORA INFANTIL: Conhecimento, Aprendizagem, Desenvolvimento, Emoção, Afetividade, Sentimento e Interação

Nesse post destacamos as categorias de vivência e afetação, bem como de emoções, afetividade e sentimentos, sempre num processo de análise sobre a relação dessas categorias no contexto das relações pedagógicas, suas implicações nas funções da Educadora Infantil e consequentemente no processo de aprendizagem e desenvolvimento infantil.

Os slides a seguir constituem uma síntese das discussões que realizamos nas palestras e cursos sobre a referida temática.


















QUALIDADE DA EDUCAÇÃO BÁSICA: Questões para Pensar!

Nesse post destacamos algumas reflexões sobre a Qualidade da Educação Básica.

Esse é um tema que precisa ser discutido e debatido exaustivamente no lócus das secretarias de educação, das escolas/sala de aula e das comunidades, tendo em vista a importância da participação de todos e todas na garantia da qualidade que tanto almejamos.

Sabemos dos desafios postos pelas Políticas Educacionais, mas entendemos que o contexto em que vivemos exige tomadas de decisões que levem em consideração a formação das crianças, dos adolescentes e jovens do nosso país. 
Clique Aqui para baixar em PDF
Clique Aqui para ver em Slideshare